sábado, 23 de julho de 2011

Amy Winehouse (1983-2011)




Amy Winehouse morreu hoje com 27 anos. Mais um nome importante da música mundial que nos deixa com o fatídico nº 27 na idade. Segundo o que foi noticiado há poucas horas, Amy foi encontrada morta em sua casa, causa provável : overdose. Ficamos com os dois discos para ouvir vezes sem conta, e ao que parece, um terceiro que já está gravado e que será editado postumamente. Este tema que dá nome ao disco de grande sucesso, encontra-se aqui censurado em duas palavras, devido às regras censórias da Mtv e congéneres na transmissão dos vídeos. Falta a palavra "dick", e falta a palavra "blow" (bem distanciadas uma da outra, convenhamos).

Fotografia de Carolyn Djanogly

 Esta foto sui generis é da autoria de Carolyn Djanogly e fez parte de uma campanha de recolha de fundos para tratamento do cancro da mama.
O cartoon de Henrique Monteiro foi publicado em Julho de 2008, mas poderia ter sido feito hoje.
No dia 25 do mês passado tinha publicado um post sobre ela... Infelizmente as esperanças que tinha, desvaneceram-se hoje.
 
Cartoon de Henrique Monteiro
                                             
                               "É pela música que chego
                                e vos digo do insubordinado pulsar   
                                de outra vontade."
                                 Eduardo Pitta in "A Linguagem da Desordem" (1983)

27 comentários:

  1. puxa vida, Hugo, eu não sabia, que triste notícia!Essas roqueiras brincam com a vida sem medo da morte. Não sei se vc conhece a Cassia Eller, ela também morreu de overdose com 39 anos em 2001. O rock perde suas divas.Beijo

    ResponderEliminar
  2. Oi Hugo, que pena isso acontecer... Também falei sobre ela, hoje... Fazer o quê? A juventude jogando a vida fora...

    ResponderEliminar
  3. Nossa!

    Tão nova, uma carreira bacana... Destruída assim, estupidamente,

    Um abração

    ResponderEliminar
  4. Não gostava da música da Amy Winehouse. Achava a voz muito boa, a produção fantástica, mas não era o meu género de música (não é mresmo o meu género).
    Um dia vi um DVD. E gostei dela, muito. E os contornos da minha opinião modificaram-se.
    Acabei por me habituar até mesmo às canções, pois ela é tão autêntica, tão genuína, expõe-se de tal modo na sua fragilidade quase absoluta, que acaba por ter uma enorme força e é impossível ficar indiferente.

    ResponderEliminar
  5. Gracias por pasarte por mi blog :D
    Una pena lo de Amy Winehouse... en fin, qué se le va a hacer.

    Un abrazo!

    ResponderEliminar
  6. Es curioso, 27 años, la misma edad en la que nos dejó Jimi Hendrix, Jim Morrison, Janis Joplin, Kurt Cobain, Biran Jones...
    Que deescanse en paz.
    Clicka -> ¡TE HA TOCADO! :)

    ResponderEliminar
  7. Eu acho que as pessoas não vivem aqui só para elas, mas, sim, para muitas outras que às vezes conhecem-na ou não. Amy mostrou muitas coisas que mexeram com pessoas. Acho que missão dela foi cumprida.

    Eu não vou apontar o dedo e ficar falando que a moça rendeu-se à drogas e dizer como tenho pena do fim trágico que ela teve. Eu não sei o que ela veio fazer aqui.

    Jesus, quando veio à Terra, teve um fim trágico. Mas antes disso despertou a ira do romanos e até mesmo a traição de alguns de seus discípulos. Ainda assim, tudo foi conforme o figurino, ele veio, mostrou um monte de coisa a muita gente e foi embora.

    Deus ia virar as costas para ele por ter despertado a ira de tanta gente? Deus ia castigá-lo por ter se entregado ao flagelo e a tantas mazelas mais? Acredito que não. Porque só Deus sabia o real motivo daquela vida.Uma vida que foi como ele próprio quis.

    Amy também teve a vida que quis, viveu como quis, fez o que teve vontade e mostrou coisas diferentes a um monte de gente. é complicado apontar o dedo e falar coisas expressando pena, raiva ou desprezo. Ninguém sabe se o tempo acabou. Eu prefiro não julgar.

    ResponderEliminar
  8. Olá, Hugo! Muitas vezes não comento porque sinto que não devo. Mas eu "tô" de olho aqui.

    Abraços. FabianoCaldeira.

    ResponderEliminar
  9. Qué pena me ha dado...Era una cantante estupenda!!
    Un abrazo,

    ResponderEliminar
  10. Muito triste :/
    Apesar de sua vida pessoal conturbada, ela era sem dúvida muito talentosa.

    Maldição dos 27 ? ôÕ


    Diversified Articles.

    ResponderEliminar
  11. Amigo Hugo:
    Todos temos escolhas e opções na nossa vida.
    Nem sempre o fazemos da melhor forma, ela por motivos vários escolheu o seu caminho, quem a pode censurar por isso.
    Lamento pois era demasiado jovem!

    Beijinhos

    Desculpe visitá-lo pouco ultimamente, mas a minha vida não me tem permitido estar por aqui o tempo que desejaria, no entanto agradeço e fico feliz sempre que me visita.

    ResponderEliminar
  12. Um dia negro para a musica.

    RIP

    ResponderEliminar
  13. no se como habras ido a parar a mi blog pero compartimos gustos musicales...Me encanta Nofx!!! Mi cancion preferida es Lori Meyers del Punk in Drublic y the brews. Te gusta Bad religion? Y pennywise???

    En fin, un besazo!!!

    Una pena lo de amy, autentica, drogadicta, genial... se ha ido como se fueron los grandes de la musica...Kurt cobain, Janis joplin...

    ResponderEliminar
  14. Boa noite,
    Tinha tudo para ter uma carreira brilhante, pena os jovens pensarem que certas coisas só acontecem aos outros. Era um mulher de excessos perigosos.

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  15. Very sad!
    RIP Amy Winehouse.

    Margie x

    ResponderEliminar
  16. É uma pena, tinha uma excelente voz mesmo. Mais uma grande perda no mundo da música.

    ResponderEliminar
  17. Não tenho nada de novo a dizer acerca da Amy mas posso dizer que ainda não li aquele livro. :) Beijocas

    ResponderEliminar
  18. OBRIGADA PELO COMENTÁRIO EM MEU BLOG"O JARDIM"
    ABRAÇOS.

    ResponderEliminar
  19. Es lamentable lo que le sucedió con esta artista.

    Tienes un lindo blog.
    Muchos saludos.

    ResponderEliminar
  20. Ela precisava de ajuda mas como muita gente ao seu redor, inclusive sua família, ganhavam muito dinheiro c/ sua música, fizeram "vista grossa". Uma pena.

    ResponderEliminar
  21. My Sweet Amy
    Assim como Jesus ela foi crucificada
    Como um gladiador jogada para os leões
    Nós todos aplaudimos enquanto o sangue jorrava
    Todos pediam "biss" enquanto a atriz desmoronava

    Descia ela do palco e seus problemas retornavam
    Em casa ela chorava e nínguem lhe consolava
    Em sua mente letras, livres flutuavam
    Em suas mãos o copo que aos poucos lhe matava

    Curava sua dor, sozinha pelas madrugadas
    Bebendo seus desgostos misturados a fumaça
    Às vezes abraçava o seu amigo, o violão
    E suas amarguras, em suas cordas dedilhava

    Like a algum Bob Dylan ela cantava e falava
    Like a algum Rolling Stone pelas escadas tropeçava
    Fingindo que era má, as vezes ela assustava
    Mas só porque era um anjo ela assim se comportava

    Like a power, a power junkie, ela se comunicava
    E de algum jeito rude ela até que cativava
    Cantando a sua vida ela tocou o coração
    De cada um dos nossos que vivem aqui como irmãos

    E ela tão menina foi embora...
    Embora me pareça que ela está aqui...
    Vestida em sua armadura cintilante
    Like a Joana Dar'k à lutar pelo luar.

    Alex Rezende.
    http://alexrezendeart.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  22. Olá Hugo,

    obrigada pela visita ao meu blog!
    Apesar da tentativa de imitar a Amy, ela
    é incomparável e única! Vai deixar muita saudades! bjs

    http://mulhernotada.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  23. Olá Hugo,
    Obrigada por seguir meu jovem blog...rs
    estava olhando o seu e resolvi comentar sobre este post.
    Conheci o som da Amy através do meu esposo...no inicio estranhei, um tipo de música que eu não curtia...mas logo percebi o poder daquela voz e fui ouindo até meus ouvidos acostumarem com aquela melodia antes desconhecida.Me encantei, me apaixonei e me emocionei.
    Fui num show dela em Janeiro aqui no Rio de Janeiro.Confesso que não foi uma de suas mais brilhantes apresentações mas digo a você que se desse tempo iria quantas vezes pudesse.
    O som a voz, uma perfeição destruída pelas drogas...uma pena mesmo!
    Até logo.

    ResponderEliminar
  24. Por acaso os meus favoritos são sempre os curtos e justos, mas daquela colecção os longos estão fabulosos :)

    ResponderEliminar
  25. Me gustaba mucho su voz pero no su estilo de vida.

    Muchos saludos.

    ResponderEliminar